O Mundo Lúdico de Samine
Pesquisa personalizada
  DEFAULT | BLOG DO SAMINE | TWITTER DE SAMINE |
Seduções Serpentinas
Publicado por Samine em 01/07/2010
Assunto: Hermetismo Cristão

É fato que grande parte da humanidade – principalmente aquela seduzida pela filosofia monista – sonha em viver num mundo onde o homem seja Deus. Considerando-se que o homem é Deus – como apregoam os movimentos que defendem a fusão substancial do homem e Deus – a capacidade de auto-redenção é latente e real em todos os humanos. Alguns pensadores extrapolam os limites desta auto-redenção incluindo todos os seres animados e até inanimados. Então, desde que todos os humanos são deuses, a evolução os conduzirá um dia a um mundo livre de deuses falsos – segundo eles hoje existentes em profusão - e a humanidade estará finalmente redimida. Redimida? Neste caso, de que? Quando? Quando pedras virarem plantas, plantas animais, animais seres humanos inferiores, estes últimos seres humanos esclarecidos e ao final Mestres. Para por aí ou a evolução não tem fim?

 

A evolução é, e será, sempre um produto do tempo. É pensar pequeno deixar com o tempo – tão ilusório, irreal e perecível como nós – toda a esperança de redenção humana. O tempo só existe no mundo da manifestação. Não existe na eternidade. Infelizmente para muitos, os problemas filosóficos da humanidade jamais se resolverão no mundo do tempo e da manifestação. Este é um mundo de princípios, leis e forma. Existe algo mais perecível que a forma? Existe alguma forma que possa ser considerada eterna? Quando se diz que matéria e o espírito são eternos, muitos sacodem a cabeça em sinal de desaprovação. Confundir o que é denso – mesmo o extremamente denso - com matéria é um grande erro filosófico. A matéria está muito aquém do que é perceptível pelos sentidos. A forma não é matéria e muito menos espírito. È limitada, finita e perecível. Espírito e matéria são eternos. É muito fácil confundir a porção ínfima que os espíritos – ou as idéias – tomam da matéria para poder estar no mundo da manifestação com a própria matéria. É também muito fácil confundir formas extremamente sutilizadas com espírito. Espírito e matéria podem estar na forma, mas jamais serão a forma.

 

O mundo em que hoje temos nossa existência não é o mundo de Deus. Vivemos hoje no mundo da serpente e do enrolamento. É um mundo de sedução? Sim, é. Um mundo onde a serpente continua seduzindo almas e desencaminhando vidas. A serpente continua repetindo – agora cada vez mais forte - e bilhões acreditando: “sereis como deuses”. É preciso se perguntar por que as oportunidades que viabilizam a experimentação individual de tudo o que existe no mundo estão se ampliando. O que falta experimentar? O que sobrará deste exagerado gasto da herança humana? Que farrapos humanos restarão do excesso de experimentações? Para onde estão sendo conduzidas as almas? Enfim, quem as está conduzindo? São indagações pertinentes que precisam ser feitas por todos que anseiam pela verdade. Estamos perto do fim ou do começo da grande e última viagem que pode viabilizar a bem-aventurança humana?

 

Não nos cabe dar as respostas. As seduções serpentinas se ampliam e o juiz já se prepara para avaliar as ações realizadas pelo juízo que as seguem.

 

Sou criador ou criatura? Capaz de me salvar ou preciso ser salvo? Independente das respostas a vida será eterna. A diferença é que ela será eterna na bem-aventurança ou no sofrimento.  

21 de janeiro de 2017.
Artigos Sobre:
Catolicidade
Chapada dos Veadeiros
Hermetismo Cristão
Nova Era
Profecias
Assuntos Gerais

Últimos Artigos
Eu DEUS?

As Torres se multiplicam

Tentações Serpentinas

Seduções Serpentinas

Viúva de Sarepta

Criador e Criatura

Depende de cada um...

Alimentando a saúde e a vida.

O pouco com Deus é muito.

O poder da Fé?

Acalmando as tempestades pessoais

Asfixia Espiritual

Quando os salvadores precisam ser salvos

O Segredo Real

A fronteira da fé.

Vinde e vede

Centros de Gravitação Cósmica


cigano.net: Cigano.net | Horóscopo | Hotéis e Pousadas | Tarot

© Copyright 2001 - Todos os Direitos Reservados